Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pipoca Caramelada


Adoro pipoca... salgada ou doce, com bacon, caramelo ou chocolate... do jeito que for, não importa, elas são deliciosas, irresistíveis!

Quando vi a receita dessa pipoca caramelada fiquei intrigada se seria realmente tão simples executá-la.

E como não tinha outro jeito de descobrir, fui para a cozinha e em poucos segundos estava degustando a minha pipoquinha caramelada, crocante, divina.

Gostei tanto que já estou imaginando outros sabores, sim, porque você pode acrescentar 1 colher de achocolatado ou de morango em pó (Quick).

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 4 colheres de sopa de óleo
- 1 xícara de café de milho de pipoca
- 1/2 xícara de açúcar (qualquer um, usei mascavo)
- 1 pitada gorda de sal

Modo de preparo:

Numa panela de fundo grosso, coloque o óleo e o milho de pipoca. Tampe e estoure a pipoca normalmente em fogo médio.

Quando a pipoca tiver estourado completamente coloque o açúcar e o sal – se a panela estiver muito cheia tire um pouco da pipoca antes. Quando o açúcar começar a derreter abaixe o fogo e misture com uma colher de pau para envolver as pipocas no caramelo que vai se formando.  

Essa parte é rápida e não se pode bobear, senão o caramelo fica muito escuro e a pipoca fica amarga – preste atenção, porque o açúcar continua cozinhando um tempo depois que a gente desliga o fogo.

Coloque a pipoca numa assadeira grande ou numa tigela resistente ao calor e termine de espalhar o caramelo com uma espátula ou colher de pau.

Deixe esfriar e sirva-se.

Bom Apetite!!!


Fonte de pesquisa:
https://thecookieshop.wordpress.com/2014/07/02/pipoca-doce-caramelada-sem-pipoqueira/

Batata Frita em Espiral


Outro dia compartilhei um vídeo no Facebook e, com o link, escrevi: E agora, o que faço com a vontade de comer uma dessas? 

O vídeo das batatas em espiral que o vendedor de rua preparava na hora encheu-me a boca d'água.

Como sou xereta ao extremo não sosseguei enquanto não “tentei” preparar a tal batata.


Até que, assim, de primeira... sem a tal da maquininha que faz o espiral, minha batata saiu bem legal, não é mesmo?!

Vou tentar outras vezes e espero conseguir resultados melhores, mas essa batatinha já ficou muuuito boa, uma delícia mesmo!

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 1 batata grande alongada
- 1 palito para churrasco comprido
- sal, ervas e alecrim seco para temperar
- óleo suficiente para fritar

Modo de preparo:

Descasque a batata e lave, espete o palito introduzindo-o na batata toda.

Com uma faquinha de legumes afiada, comece a cortar do topo em círculos até a base, girando a batata.

Com cuidado vá puxando a batata para baixo para soltar as fatias sem separar.

Frite em óleo bem quente até ficar crocante.


Escorra e salpique sal, ervas e alecrim enquanto ainda estiver quente.

Bom Apetite!!!

Enroladinhos de Ervilha Torta


Ervilha torta é um legume que me agrada muito e quase sempre me pego pensando num modo diferente de prepará-la.

Geralmente é feita refogada ou como ingrediente de um ensopado, mas acho que um legume tão bonito e saboroso merece outra forma de apresentação.

Com esse pensamento, iniciei alguns testes e, além de incluí-las no recheio de um charutinho, fiz esses enroladinhos que ficaram muito gostosos, resultando em um complemento perfeito para uma mesa de frios numa festinha, happy hour, etc.

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 200g de ervilha torta
- 100g de queijo prato ou mussarela fatiados
- 100g de presunto magro ou peito de peru fatiados
- molho para salada a gosto (tarê, rosé, tártaro, etc.)

Modo de preparo:

Limpe as ervilhas retirando todos os fiapos, lave-as muito bem e leve para cozinhar no vapor, deixando-as bem macias.

Coloque uma fatia de presunto sobre uma de queijo e corte tiras da largura da ervilha.

Sobreponha uma ervilha com os frios e enrole prendendo com um palito.

Arrume todos os enroladinhos em um prato e disponha o molho escolhido para que as pessoas se sirvam à vontade.

Bom Apetite!!!


Rica em vitaminas A, B e C, a ervilha-torta auxilia na formação dos ossos, dentes e sangue

A ervilha torta ajuda nos processos de cicatrização e assegura o equilíbrio interno do sistema orgânico.

Na hora de escolher, prefira as bem desenvolvidas, sem machucados, com grãos tenros  e aproveite essa leguminosa que traz equilíbrio para o seu organismo.


Fontes de pesquisa:
http://revistavivasaude.uol.com.br/nutricao/receita-com-ervilhatorta/832/
http://nutrir-bem.com/2014/05/01/ta-na-epoca-maio/

Suflê de Brócolis


Desde que aprendi essa receita de suflê nunca mais me aventurei em fazer outra, pois ela é perfeita... mesmo com todos os passos a seguir, já que eles garantem um sabor e uma textura mais que especiais ao final.

Vamos à receita:

Ingredientes:

Molho Branco
- 20g de manteiga
- 30 g de farinha de trigo
- 200 ml de leite

Creme de Brócolis
- 180 g de brócolis
- 2 gemas

Suflê
- 2 claras
- 20 g de queijo parmesão ralado
- 1 cebola pequena
- 40 g de manteiga + o necessário para untar a forma
- sal, pimenta-do-reino e noz moscada

Modo de preparo:

Tire os ovos da geladeira com no mínimo 1 hora de antecedência, pois os ovos devem estar, expressamente, em temperatura ambiente.

Preaqueça o forno a 190 °C. Na realidade o suflê deve ser assado em 180 °C, mas desse modo quando abrir a porta do forno irá abaixar uns 10 graus, então a temperatura será perfeita! Depois deverá colocar em 180 °C, cinco minutos após haver enfornado.

Lave os brócolis e quebre-os em pequenos pedaços. Coloque-os em água fervente por uns 5 a 10 minutos, depende do tamanho, depois escorra a água e bata-os no mixer/liquidificador e reserve.

Fatie a cebola e leve ao fogo com 10 g de manteiga e deixe até murchar.

Prepare o molho branco: em uma panelinha, derreta as 20 g de manteiga, acrescente a farinha de trigo de uma só vez, toste por alguns minutos, coloque o leite morno, em fio e cozinhe por uns 5 minutos para engrossar um pouco.

Coloque o molho branco em uma vasilha, acrescente o queijo parmesão ralado e o creme de brócolis.

Com a manteiga, unte um pirex (ou outro tipo de forma para suflê), para 1 litro. A manteiga deve ser perfeitamente espalhada, inclusive nas bordas, pois onde o suflê encontrará atrito não crescerá.

Espalhe no fundo do pirex a cebola com manteiga. Bata as gemas com uma pitada de sal e una-as ao creme com brócolis.

Bata as claras em neve com uma pitada de sal, comece com uma velocidade baixa e vá aumentando gradualmente. A vasilha a ser usada deve ser muito limpa sem qualquer traço de gordura e as claras sem nenhuma "sombra" de gemas!

Incorpore as claras ao composto de brócolis delicadamente, misturando de baixo para cima e nunca em senso circular; se ver que o composto é muito grosso, amacie-o antes com uma colher (sopa) de claras em neve e em seguida incorpore o restante.

Coloque o composto no pirex, enchendo uns 2/3, senão o suflê poderá derramar.

Leve ao forno e coloque o pirex na grelha a 1/3 de altura do forno, pois o calor deverá  alcançar bem o fundo da forma, onde está o vapor que fará inchar o suflê, e deixe assar por 45 minutos.

Jamais abra a porta do forno antes do final do cozimento, senão perderá seu suflê!

Bom Apetite!!!

Bolo de Aipim com Coco


Esse bolo fica uma delícia, super cremoso e com um sabor incrível.

Com certeza é perfeito para compor uma mesa de café da manhã, mas também muito bem-vindo como sobremesa.

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 1/2kg de aipim (mandioca ou macaxeira)
- 1 e ½ xícara (chá) de açúcar
- 50g de manteiga
- 100ml de leite de coco
- 1 pacote de coco ralado
- 1 pitada de sal
- ½ lata de leite condensado
- 2 ovos

Modo de preparo:

Descasque o aipim, lave-o sob água corrente e rale, usando um ralador grosso.

No liquidificador coloque o aipim, os ovos, o leite condensado, o leite de coco e a manteiga.

Bata tudo em velocidade média por 1 minuto.

Acrescente o açúcar, o coco ralado e o sal e bata mais um pouco.

Despeje o creme em uma forma untada com manteiga e açúcar e leve ao forno por 35 minutos ou até que colocando o palito ele saia limpo.


Bom Apetite!!!


Receita adaptada daqui:
http://cybercook.com.br/receita-de-bolo-de-aipim-com-coco-no-liquidificador-r-12-107378.html

Batatas Assadas com Molho Cremoso de Coentro


Quando vi essa sugestão da amiga Dani Oliveira no Facebook, comprei na hora a ideia de fazer essas batatas e servi-las como petisco na hora do jogo do Brasil.

Foi tiro certo, as batatinhas agradaram em cheio... e mais ainda o molho de coentro super saboroso.

Com certeza é receita que será repetida por aqui muitas vezes.

Vamos à receita:

Ingredientes:

- ½ quilo de batata baroa
- ½ quilo de batata doce
- ½ copo de milharina (facilmente achado no supermercado)
- 1 colher de chá de sal
- azeite de oliva

Para o molho:

- ½ xícara de castanha de caju crua deixada de molho por no mínimo 4 hora
- 1 limão espremido
- 1 xícara de coentro fresco picado grosseiramente com o talo
- ½ xícara de água filtrada
- 1 colher de chá de sal
- ½ dente de alho
- 2 colheres de azeite de oliva

Modo de preparo:

Bata no liquidificador todos os ingredientes e bata até que vire uma pasta bem lisa. Acerte o sal se necessário e reserve para servir com as batatas.

Dica: se não tiver a castanha de cajú crua, use a castanha de cajú triturada sem sal e ficou muito bom.

Preaqueça o forno a 220°C e unte dois tabuleiros com azeite.

Lave bem com a bucha e corte as batatas em palito com casca e tudo.

Coloque num bowl grande e regue com um pouco de azeite, salpique uma pitada de sal e depois misture a milharina (que são flocos de milho pré-cozidos) até que todas as batatas fiquem cobertas pelos flocos.

Distribua todas as batatas nos tabuleiros em uma camada só e leve ao forno por 40 minutos, até as batatas ficarem assadas, douradas e crocantes.

Sirva com o molho de coentro.

Bom Apetite!!!

Arroz com Quiabo e Ovo


Sabem aquele tipo de comidinha caseira, que se faz no calor do fogão... já com o estômago roncando de vontade de comer?

Esse arroz foi feito assim... simples e soltinho, com quiabo incluído na metade do tempo de cozimento, só para dar mais sustância, e um ovo estrelado para arrematar.

Agora, digam-me... precisa de mais alguma coisa?!

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 1 e ½ xícara de arroz lavado e escorrido
- azeite para refogar
- 2 dentes de alho socado
- ½ cebola picadinha
- 2 pimentas cambuci vermelhinhas picadas
- 3 xícaras de caldo de legumes
- 1 xícara de quiabo lavado, seco e fatiado em rodelas
- 1 ovo por pessoa
- sal e orégano a gosto

Modo de preparar:

Lave os quiabos, enxugue-os e reserve. Em uma panela refogue o arroz com o azeite, alho, cebola, as pimentinhas cambuci e acrescente o caldo de legumes, prove o sal.

Quando o arroz estiver quase secando, coloque o quiabo por cima e sem mexer tampe a panela até o arroz acabar de secar e o quiabo ficar cozido. 

Frite o ovo apenas temperando-o com sal e orégano polvilhado por cima.

Bom Apetite!!!


Receita inspirada no post da amiga Maria de Lurdes:
http://www.coisascadecasa.com.br/2012/03/arroz-com-quiabo.html
Follow Me on Pinterest Web Analytics