Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Massa Fácil para Pastéis


Além de ser muito fácil de fazer e modelar, essa massa é bem versátil, pois podemos assar ou fritar os pastéis, mas isso é só para quem pode se dar ao luxo de comer uma friturinha de vez em quando, né... rs.

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 7 xícaras de farinha branca, dividida
- uma pitada de sal
- 1 ¾ xícaras de água
- 2 colheres de sopa de óleo vegetal
- 1 dose de cachaça (40ml)
- óleo para fritura
- recheio de sua preferência

Modo de preparo:

Coloque 3 xícaras de farinha e uma pitada de sal em uma tigela. Misture bem. Faça um buraco no meio e adicione água. Misture com as mãos e adicione o óleo.

Adicione a cachaça e misture novamente.

Lentamente adicione a farinha restante e continue misturando com uma colher de pau.

Em uma superfície polvilhada com farinha, amasse até que a massa fique elástica e homogênea e não mais adira às mãos.

Abra a massa com um rolo até ficar muito fina. Corte em quadrados de 12x4 polegadas. Coloque o recheio escolhido e feche a massa, escovando as bordas com água e pressionando com um garfo.

Frite os pastéis em óleo quente ou coloque-os em uma assadeira untada, pincele gema batida e asse em forno quente até dourar.


Bom Apetite!!!


Fonte da receita:
https://www.tastemade.com/videos/brazilian-street-fair-pastel

Canjica Light


Nesse mês de festas juninas sempre me dá vontade de comer canjica, mas logo me lembro da minha condição de diabética e me bate um desânimo em preparar.

Como sou teimosa, resolvi experimentar fazer uma sem açúcar, leite condensado e amendoim, ou seja, tudo o que a torna deliciosa.

Apesar disso, fiquei muito feliz com o resultado e consegui matar a vontade... mesmo sem grandes incrementos minha canjica light até que ficou bem apetitosa!

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 250 g de milho branco para canjica
- 1 pau de canela
- 3 cravos-da-índia
- 1 litro de leite
- adoçante em pó o quanto baste
- 100 g coco ralado sem açúcar

Modo de preparo:

Deixe o milho de molho em água de véspera.

Escorra o milho e descarte a água do molho.

Coloque o milho em uma panela de pressão e cubra com bastante água. Junte a canela e os cravos e deixe cozinhar por 1 hora ou até o milho estar bem cozido.

Junte o leite, o adoçante e o coco ralado. Deixe cozinhar outra vez por mais 30 minutos ou até engrossar a gosto.

Polvilhe canela em pó na hora de servir.

Bom Apetite!!!

Pãezinhos de Minuto


Nada como um pãozinho caseiro para nos salvar naquelas horas em que nos damos conta de que não temos um pão sequer em casa, não é mesmo?!

Comigo acontece sempre e nessas horas recorro a receitas como essa... fácil, rápida de fazer e que a toda família adora!!!

Vamos à receita:

- 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
- 1 colher (sopa) de açúcar
- 1 colher(chá) de sal
- 1 colher (sopa) de fermento
- 2 colheres (sopa) de manteiga
- 1 ovo
- 1 xícara (chá) leite
- 1 gema para pincelar

Modo de preparo:

Coloque em um recipiente os ingredientes secos (farinha, açúcar, sal e fermento), misture e abra um buraco no meio. Agora coloque a manteiga, o ovo e o leite. Misture primeiramente com um garfo e depois com as mãos até formar uma bola. Retire pequenas porções de massa e modele bolinhas. 

Coloque em uma forma untada e enfarinhada. Dê uma leve batidinha na gema e pincele por cima com um pincel.

Deixe espaço entre as bolinhas, pois ela cresce um pouco. Leve ao forno pré-aquecido e deixe assar até dourar.

Bom Apetite!!!


Fonte da receita:
http://www.aquinacozinha.com/pao-de-minuto/

Sopa de Abóbora, Cenoura, Quinoa e Gengibre


O tempo esfriou e quando isso acontece a primeira coisa que nos vem à mente é uma sopa quentinha e nutritiva para o jantar.

A adição da quinoa ao preparo confere ainda mais proteína e fibra à sopa, tornando a receita completa e super nutritiva, sem contar a textura aveludada e o aroma que chega a dar água na boca!!!

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 1/2 cebola
- 1 rodela com espessura de 1 dedo de gengibre
- 2 colheres (sopa) de azeite
- 500 g de abóbora de pescoço sem casca e picada em cubos
- 3 cenouras picadas grosseiramente
- 4 xícaras de água
- 1/2 xícara de quinoa em grãos
- 1 colher (chá) de sal
- salsinha a gosto
- 1/2 colher (chá) de cúrcuma
- pitada de pimenta do reino fresca
- semente de abóbora tostadas para acompanhar

Modo de preparo:

Pique a cebola e o gengibre e, em uma panela grande, refogue ambos no azeite. Quando a cebola murchar, adicione a abóbora, a cenoura e a água. Adicione a quinoa e deixe cozinhar por 20 minutos, ou até a cenoura ficar macia.

Coloque a mistura em um liquidificador, adicione a cúrcuma, sal e pimenta

Bata até obter um creme.

Sirva com sementes de abóbora tostadas, salsinha e um fio de azeite.


Fonte da receita:
http://www.frufruta.com.br/sopa-de-abobora-cenoura-quinoa-e-gengibre-para-esquentar-e-nutrir-o-corpo-no-inverno/

Bolinhos de Batata com Queijo


Que tal uns bolinhos de batata com queijo para o lanche ou happy hour de hoje?! 

A receita é bem fácil e saborosa, então, não perca mais tempo e corra para preparar essa delícia!!!

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 1/2 kg de batata
- 1 ovo
- 3 colheres de (sopa) de amido de milho
- 4 colheres de (sopa) de queijo ralado
- sal a gosto
- óleo para fritar

Modo de preparo:

Cozinhe as batatas e passe no espremedor; misture o ovo, o amido e o sal e coloque essa mistura na batata espremida.

Misture bem e adicione o queijo ralado e o tempero verde.

Pegue porções da massa e dê o formato desejado, frite em óleo quente, escorra e sirva.

Bom Apetite!!!


Fonte da receita:
http://www.receitas-sem-fronteiras.com/receita-60209-bolinho-frito-de-batata.htm

Afogado


“Afogado é um prato da culinária brasileira. É um ensopado de carne de vaca, servido com farinha de mandioca, típico da comida caipira com receita originária do Vale do Paraíba. É muito difundido pela região e também pelo litoral de norte e sul de São Paulo.

Foi um dos alimentos dos tropeiros na busca da saga do ouro nas Minas Gerais.

Preparado em grandes quantidades e servido nas Festas Religiosas em diversas cidades, seja nas Quermesses ou nas Festas do Divino, Corpus Christi, Romaria Fluvial pelo rio Paraíba do Sul e outras.

Nos dias de hoje a maior evidência sobre essa cultura culinária é São Luiz do Paraitinga.”

Quem nunca experimentou esse prato não sabe o que está perdendo, sobretudo em dias mais frios, pois ele alimenta o corpo e aquece a alma, dando aquela sensação de conforto e satisfação plena!!!

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 1 kg de peito bovino em cubos grandes
- 3 colheres (sopa) de óleo
- sal e pimenta do reino a gosto
- 1 cebola grande picada
- 2 dentes de alho
- 2 folhas de louro
- tempero pronto caseiro a gosto
- água fervente quanto baste (+/- 2 litros)
- 3 batatas médias em cubos
- alfavaca, salsinha e cebolinha frescas picadinhas
- farinha de mandioca quanto baste

Modo de preparo:

Tempere a carne com sal e pimenta e deixe descansar por 30 minutos.

Na panela de pressão coloque o óleo e esquente, frite os cubos de carne deixando dourar, acrescente a cebola, o alho, o tempero e as folhas de louro e misture bem.

Coloque água quente por cima de tudo, cobrindo a carne e mais 2 dedos acima. Tampe a panela e cozinhe por 45 minutos após pegar pressão.

Tire a pressão e verifique o tempero, coloque os cubos de batatas, as ervas frescas picadas e, se necessário, mais água quente. Deixe no fogo até que as batatas estejam cozidas.

Sirva o afogado colocando cerca de 2 colheres (sopa) de farinha de mandioca num prato fundo e, por cima, coloque o caldo com pedaços de carne e batata, bem quente.

Uma boa pimentinha acompanha muito bem o prato!

Bom Apetite!!!


Fonte da pesquisa:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Afogado

Barquinhas de Batata com Kani-kama


“Kani-kama, também conhecido, nos países lusófonos, como delícias do mar, é um bastão feito com carne de peixe, e sabor imitação de carne de caranguejo típico do Japão.

Em japonês, a palavra kani significa caranguejo e deu origem ao nome do produto porque é aromatizado com extrato ou carne desse crustáceo. Na década de 1970, o Japão começou a industrializar o kani, que rapidamente se tornou popular no mundo inteiro.”

Excelente sugestão para variar a forma de apresentar o kani-kama, esse prato fica delicioso e pode ser servido tanto como petisco de um happy hour como entrada de uma refeição.

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 6 batatas médias
- 300g de kani-kama
- 1 colher (sopa) de mostarda
- 2 colheres (sopa) de maionese ou creme de ricota
- salsinha e cebolinha picada a gosto

Modo de preparo:

Cozinhe as batatas por 10 minutos, corte-as ao meio no sentido do comprimento e, com o auxílio de uma colherinha, retire o miolo formando uma barquinha (com esse miolo você pode fazer bolinhos ou engrossar uma sopa).

Frite cada metade de batata em óleo quente, escorra e reserve.

Corte os bastonetes de kani ao meio e desfie-os, coloque a salsinha, a cebolinha, a mostarda, a maionese e misture tudo, leve para a geladeira até o momento de servir.

Recheie cada metade de batata com a saladinha de kani e sirva.

Bom Apetite!!!


Fonte de pesquisa:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Kani-kama

Fonte da receita:
https://www.youtube.com/watch?v=Vlygz9TDLI0

Follow Me on Pinterest Web Analytics