Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Espaguete ao Alho Negro


Doce, frutado e macio. Quem diria que essas seriam qualidades atribuídas a um alho?
 Um processo originário do Oriente para fermentação e envelhecimento do bulbo comum (Allium sativum) traz nova cor à mesa.
Com casca dourada e dentes escuros, pode levar a pensar que foi queimado ou está apodrecido. Mas, tal como vinho, o alho negro fica ainda melhor com o passar do tempo quando se tomam alguns cuidados.
A história faz segredo sobre a procedência da técnica de preparo do alho negro, assim como fazem aqueles que dominam o processo. O que se sabe, no entanto, é que coreanos e japoneses disputam o posto de criadores da iguaria.
Na Coreia, foi introduzido como suplemento na dieta por conter alto teor de antioxidantes, substâncias benéficas à saúde. Na internet, há referências sobre um pesquisador japonês que teria “inventado” o tal alho em 2005.”

Bom, essa foi somente uma introdução para falar um pouquinho sobre o ingrediente principal da massa que trago hoje. Vejam mais sobre a matéria nesse link.

Devo dizer que a descoberta do paladar maravilhoso dessa iguaria me deixou com aquela sensação de quero mais, com certeza experimentarei esse alho em outras receitas. Por ora, fiquem com a receita desse macarrão maravilhoso, de sabor inigualável.

Vamos à receita:

Ingredientes:

- 320 grama(s) de espaguete
- 1 dente(s) de alho comum
- 1 dente(s) de alho negro
- 1 talo de alho poró
- 1/2 cebola roxa 
- sal e pimenta a gosto
- azeite extra virgem a gosto

Modo de preparo

Em uma frigideira, refogue com um pouco de azeite o alho poró e a cebola roxa, cortados em tirinhas bem finas e reserve.

Aqueça mais azeite e doure o alho comum cortado em fatias finas até ficarem crocantes.

Retire do fogo e adicione o alho negro cortado em fatias e o alho poró e a cebola roxa.

Cozinhe a massa em bastante água salgada até ficar al dente.

Escorra e misture aos alhos, adicionando um pouco da salsinha picada e ajustando o sal e a pimenta.

Sirva imediatamente.




Essa é mais uma receita deliciosa, que podemos fazer para uma Segunda Sem Carne, uma refeição mais leve, gozando de mais saúde, gerando um impacto menor ao meio ambiente.



Bom Apetite!!!


15 comentários:

Luisa Alexandra postou o comentário número:

Fica uma refeição mesmo apetitosa, o alho fica excelente em conjunto com as massas!

Tamy postou o comentário número:

Hmmm, que chique amiga... eu adoro alho negro de verdade!! Pena q é tão caro... hunf!!! Beijos

Teresa Newman Medeiros postou o comentário número:

Ainda não tive oportunidade de comer o alho negro, mais confesso que minha curiosidade agora aumentou.rsrs

fátima postou o comentário número:

adoro alho negro! eu faço o macarrão só com azeite e ele, cru, pra sentir bem o sabor...

bj

Santa Gastronomia postou o comentário número:

Nunca o experimentei, Raquel.
Agora a curiosidade ficou maior!
Espero que vc tenha passado uma excelente Páscoa!

Bjinhus,
Sandra Bylaardt.

Josy postou o comentário número:

Ainda não tive a oportunidade de experimentar esse alho Rachel, aliás nem nunca vi essa alho. Vou procurar no supermercado, pois agora fiquei super curiosa. Além de que, dá um visual lindo ao prato. Bjos querida amiga, tenha uma ótima semana

gina postou o comentário número:

Rachel, adoro alho negro, uso o da marca Bombay, que é muito gostoso, chega a ser adocicado e não deixa gosto..Esta semana fiz duas receitas com eles...Excelente massa e ficou ainda mais valorizada com o alho. Beijos Gina

Daniel postou o comentário número:

nunca provei esse alho, mas deu bastante vontade! ficou bastante apetitosa a sua receita!
beijos e boa semana

Renata Boechat postou o comentário número:

Minha amiga ainda não provei esse alho, estou super curiosa...agora então com a sua receita muito mais!

bjo,
Boa Noite!

Bel Rech postou o comentário número:

Como eu sempre digo, morrendo e aprendendo...É muito bom vas coisa, não tinha ideia da existência desse tipo de alho...
Paz e bem

Sandra Reis postou o comentário número:

Ra, é bem o tipo de espaguete que eu amo, e o alho negro deu um charme extra. Babei amiga.
bjs

Fê Dayrell postou o comentário número:

Rachel ontem não tive tempo de visitar as cozinhas dasamigas mas não podia deixar de passar por aqui para ver esta maravilha, amei.
Já conhecia mas ainda não fiz nada com ela gostei demais do prato.
bjo

Marcelo Weidner postou o comentário número:

Faça voce mesmo seu alho negro! Enviamos uma apostila completa e video explicativo de como proceder nas etapas de processamento assim como montar a estufa de envelhecimento.

Caso não queira produzir seu próprio alho em casa, vendemos ele já pronto a voce!

Contato. marceloweidner@globo.com

Follow Me on Pinterest Web Analytics