Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Couve Manteiga Frita



Gente, esta receita não tem receita não...rs!
Nem sei direito onde vi a primeira foto dela, acho que foi na Revista Prazeres da Mesa, ela compunha algum prato e me chamou a atenção, aí já viu né, encasquetei, e quando fui tirar a prova vi que era simples demais... como não tinha pensado nisso antes...rs?!

Primeiro você corta ou compra a couve já higienizada bem fininha.
Aquece o óleo, como para as batatinhas chips, e voilá... coloque uma porção para fritar, usando uma cestinha fica bem fácil, tome cuidado para não queimar.
Escorra em papel absorvente, tempere com sal, alho desidratado e pimenta.

Sinceramente, acho que os dias das couves refogadas acabaram por aqui!
Olhem só como ficou minha refeição com linguicinhas aceboladas, feijão, arroz e elas acompanhando!

Imaginem no dia da feijoada...esse croc croc...hummmm!

Bom Apetite!!!


13 comentários:

Tatiana postou o comentário número:

Que delícia!!!Eu amo couve!!! Mas em casa não faço frituras (mais por preguiça do que por princípio). Mas já estou reoensando esse conceito...kkkkkk
Bjs

Maria José postou o comentário número:

Que giro, couve frita, tenho de experimentar. Até tenho uma máquina (manual) que corta a couve bem fininha.

Bom Fim de Semana
Bjinhos
Papinha Doce

Tata Nani postou o comentário número:

Olha só! Eu sempre refogo, assim nunca fiz!
Rachel, vc lembra do rábano que fiz um rocambole de carne um tempo atrás? Vou te contar: eu sempre senti saudade de couve aqui, pq nao consigo encontrar nunca. Um belo dia estou na rua, conheci umas brasileira que estavam fazendo um show de samba no centro da cidade, e conversando sobre comida, uma delas me contou que descobriu, comprando os rábanos, que as folhas deles, com os talos, substituiam "meia-boca" a couve mineirinha, pois aquela é pouco mais amarga... E nao é que eu tentei e deu certo? O melhor de tudo: como o povo aqui nao cozinha isso, o balcao fica cheinho de folhas e talos, que sao desprezados pelos clientes na hora de pegar o principal, que é o rábano. Sempre é cobrado por unidade, ou seja, eu pago pra levar uma bolinha daquelas, e "de grátis" trago pra casa um sacao lotado de folhas pra minhas refogadas, hahaha...
Beijao, vou tentar essa.

Amehlia Digital ! ® postou o comentário número:

Quel...
Vc tá meio mineira...hoje foi o dia da couve prá me alegrar, hein?! :)
Nunca pensei em fritar! Deve ficar muito bom esse crocantinho, né?!
Gostei da receita, mas meu cumpadi gostou mesmo do prato...com linguicinha e tudo mais...
(tadinho, foi casar c vegetariana :)
mas a couve não falta aqui, viu?!...rs
Um bejim bem grande no seu coração minha amiga!

...Noêmia! postou o comentário número:

Rachel! Que maravilha de prato é esse, menina??!!
Pra quem está há 10 mil quilometros de um PF, isso é uma tentação!!!
Beijos!
:o)

B. V. postou o comentário número:

Exelente ideia essa, parece bem apetitoso :)
bj bom fim de semana

Fátima postou o comentário número:

Que ótima idéia Rachel, deve mesmo ficar uma gostosura, mas não empelota tudo, não .
Vou me arriscar a fazer.

Beijinho.

fátima postou o comentário número:

nunca comi couve frita! aliás, eu mesma só gosto em salada, faço refogada pro marido, de veeez em quando.
não fica muito oleosa?

Rachel postou o comentário número:

Amigas, a couve frita fica bem soltinha e seca, claro que como fritura ela tem resíduos de gordura, mas nada que uma secagem com papel toalha, não resolva!
Bjuss!!!

Ana Powell postou o comentário número:

Adoro este acompanhamento e encontro-o bem especial.
Parabéns pela receita.
Obrigada pela visita ♥

Follow Me on Pinterest Web Analytics